top of page

Saiba como prevenir e evitar choques elétricos com uma instalação segura

Descubra como realizar instalações elétricas seguras e prevenir graves acidentes, como choques elétricos, lendo este artigo!


Quando se fala em eletricidade um dos tópicos mais recorrentes são os choques elétricos. Afinal, quando não usada de forma correta a energia elétrica pode causar riscos e essa situação acaba sendo um dos acidentes mais comuns em todo o mundo. Isso acontece como consequência de uma instalação elétrica mal executada, sendo de extrema importância que o profissional eletricista saiba os principais conceitos de segurança que envolvem a elaboração de uma instalação elétrica. Mas antes de prosseguirmos, esclarecemos que o choque elétrico é a passagem da corrente elétrica pelo organismo, o que resulta em queimaduras, convulsões, contrações, ferimentos graves e até mesmo a morte.


Já que a energia envolve muitos riscos, é essencial saber utilizá-la de maneira segura, pois isso é o que previne graves acidentes e salva vidas. E embora haja alguns cuidados e orientações que ajudem nessa prevenção, ressaltamos que é indispensável que o projeto elétrico seja bem feito e executado, requisitos que só podem ser oferecidos por um profissional eletricista competente e qualificado. Além disso, a principal dica é também procurar utilizar somente produtos certificados e de qualidade para garantir a segurança de qualquer instalação.


Para além dessas orientações, existem outras precauções que podem ser tomadas para evitar acidentes elétricos. Por isso, a Maxfio preparou esse artigo com essas 5 dicas. Confira quais são a seguir!


#1 Utilize materiais de qualidade e certificados

Independente de qual seja a construção, residencial ou industrial, procure sempre utilizar na instalação elétrica produtos de máxima qualidade. E isso vale não somente para os fios e cabos elétricos, mas também para todos os materiais que ficaram próximos a esses cabos. Afinal, é utilizando produtos certificados que você garante que não haja nenhum dano ou acidente envolvendo sua instalação. Por isso, se atente na hora de tentar economizar para não acabar adquirindo materiais irregulares e de qualidade duvidosa.


#2 Cuidado com as emendas e os cabos "desbitolados"

Se for necessário realizar alguma emenda, procure fazer um serviço de qualidade, isolando bem o local da emenda. Assim garante a segurança e evita problemas, como choque elétrico, aquecimento dos fios, entre outros. Já em relação aos cabos desbitolados, eles comprometem a instalação elétrica por não atenderem aos itens recomendados pelas normas técnicas. Ou seja, além de serem materiais de baixa qualidade oferecem diversos riscos, como sobrecarga, curtos-circuitos e incêndios.


#3 Analise a planta do imóvel e verifique as necessidades de cada cômodo

É a partir da análise da planta que o profissional da área de elétrica poderá criar o projeto elétrico. Ao fazer isso é possível identificar os pontos ideais para a instalação, o dimensionamento da carga elétrica, a quantidade e capacidade dos disjuntores, entre outras questões. Além disso, é importante avaliar e planejar as instalações de acordo com as necessidades de cada ambiente. Por exemplo, na cozinha é preciso ter tomadas para diversos eletrodomésticos. Enquanto que nos quartos é necessário tomadas para dispositivos, como celulares e computadores.


#4 Monte um projeto elétrico

Essa dica pode ser considerada como um diferencial para qualquer profissional eletricista. Afinal, esse processo acaba sendo um ponto crucial para garantir um trabalho seguro e de qualidade. Por isso, monte a representação gráfica de todas as instalações elétricas utilizando a planta baixa para definir os locais em que cada componente será instalado e outras questões que envolvam o projeto elétrico. Como a quantidade de bitolas e fios que serão utilizados. Também não se esqueça de verificar os detalhes, como a distância segura desses cabos elétricos e encanamentos por onde passa a água.


#5 Siga as normas regulamentadoras de instalação elétrica

É de extrema importância que o profissional eletricista conheça as normas regulamentadoras e demais legislações brasileiras referentes à instalação elétrica. Afinal, é essa legislação que garante um serviço seguro e dentro da padronização que a legislação pede. Sabendo que essas normas são essenciais para as boas práticas neste setor, apresentamos algumas das principais normas utilizadas: a NBR-5410, NBR-14039 e também a NBR-5419. Ainda, há outras normas voltadas à segurança dos trabalhadores na execução de serviços elétricos, como as mais conhecidas NR-10 e NR-12. Para saber mais sobre esse assunto tão importante, confira esse outro conteúdo.


Gostou das nossas orientações? Ao segui-las você evita acidentes, como os choques elétricos. Mas ressaltamos que para garantir que seu projeto elétrico seja seguro e eficiente, é importante investir em produtos de total qualidade, como os fios e cabos da Maxfio Condutores Elétricos.


E agora que já sabe desses 5 passos simples, que tal conhecer outras dicas sobre o mundo da eletricidade? Em nosso blog compartilhamos diversos conteúdos e informações sobre materiais elétricos. Confira clicando aqui.


Conheça a Maxfio!


Somos uma indústria nacional de fios e cabos elétricos de baixa tensão, com produtos certificados e garantia de qualidade (NBR 247) e selo do Inmetro. Usamos matérias-primas com 100% de qualidade, alta resistência, segurança, flexibilidade e durabilidade.



68 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page